Daily Archives: 4 de Outubro de 2018

16 livros para conhecer o enorme legado de José-Augusto França

Aos 96 anos, com a saúde debilitada, José-Augusto França, o mais mal-amado dos grandes intelectuais do século XX português, pode agora ser redescoberto. Tem hoje 96 anos e se até há uns meses era um ágil nonagenário que subia a

16 livros para conhecer o enorme legado de José-Augusto França

Aos 96 anos, com a saúde debilitada, José-Augusto França, o mais mal-amado dos grandes intelectuais do século XX português, pode agora ser redescoberto. Tem hoje 96 anos e se até há uns meses era um ágil nonagenário que subia a

Braga quer resgatar Maria Ondina do esquecimento

Começa esta quarta-feira, no Museu Nogueira da Silva, em Braga, um colóquio para lembrar aquela que foi uma das escritoras mais marcantes da literatura portuguesa contemporânea. Organizado pelo Museu Nogueira da Silva e pelas universidades do Minho e Católica, o

Braga quer resgatar Maria Ondina do esquecimento

Começa esta quarta-feira, no Museu Nogueira da Silva, em Braga, um colóquio para lembrar aquela que foi uma das escritoras mais marcantes da literatura portuguesa contemporânea. Organizado pelo Museu Nogueira da Silva e pelas universidades do Minho e Católica, o

As palavras andam à solta na rua. A Escritaria está de volta

O escritor angolano Pepetela é a personalidade homenageada nesta edição do festival literário, que acontece em Penafiel. Esta é 11.ª edição da Escritaria e decorre de 1 a 7 de outubro. Escrever palavras numa obra de uma vida inteira, para depois derramá-las

As palavras andam à solta na rua. A Escritaria está de volta

O escritor angolano Pepetela é a personalidade homenageada nesta edição do festival literário, que acontece em Penafiel. Esta é 11.ª edição da Escritaria e decorre de 1 a 7 de outubro. Escrever palavras numa obra de uma vida inteira, para depois derramá-las

A coletânea que é uma homenagem a crianças mortas por balas perdidas

É lançada esta quarta-feira, dia 3 de outubro, uma coletânea de contos especial. ‘PERDIDAS: histórias para crianças que não têm vez’ fala sobre casos de balas perdidas, em comunidades do Rio de Janeiro, que mataram… crianças. O valor das vendas reverte para

A coletânea que é uma homenagem a crianças mortas por balas perdidas

É lançada esta quarta-feira, dia 3 de outubro, uma coletânea de contos especial. ‘PERDIDAS: histórias para crianças que não têm vez’ fala sobre casos de balas perdidas, em comunidades do Rio de Janeiro, que mataram… crianças. O valor das vendas reverte para

Fundação José Saramago é uma porta aberta para a intimidade do Nobel

A Fundação José Saramago abre as portas para a obra do Nobel da Literatura em língua portuguesa, mas sobretudo permite mergulhar na intimidade do escritor, através das suas agendas e cadernos de apontamentos, que revelam um homem metódico no seu

Fundação José Saramago é uma porta aberta para a intimidade do Nobel

A Fundação José Saramago abre as portas para a obra do Nobel da Literatura em língua portuguesa, mas sobretudo permite mergulhar na intimidade do escritor, através das suas agendas e cadernos de apontamentos, que revelam um homem metódico no seu